Vegetarianismo - uma boa opção de vida


Corrigir a alimentação, praticar exercícios físicos, abandonar os vícios, adotar postura mental correta são algumas das principais medidas de retorno à saúde. Vegetarianismo é um antigo sistema de alimentação, hoje praticado por milhões de pessoas em todo o mundo. É uma dieta alimentar onde é abolido produtos cárneos, inclusive peixes e aves. Existem dois tipos basicamente de vegetarianos, os Ovo-lácteo-vegetarianos que utilizam laticínios e ovos, e os vegetarianos restritos ou vegans que abolem qualquer produto de procedência animal não utilizando, portanto nem laticínios nem ovos em sua dieta. As pessoas que não utilizam carnes vermelhas somente peixes e aves, ou seja, as carnes brancas, são popularmente chamadas de semi-vegetarianas.

Alguns exemplos de vegetarianos que ajudaram com seus feitos a mudar o rumo da história da humanidade são: Platão, Pitágoras, Albert Einstein, Mahatma Gandhi, Isaac Newton, Lineu, Buda Shakiamuni, Napoleão Bonaparte, entre muitos outros incluindo nesta lista Adolf Hitler.

Optar por uma alimentação baseada em frutas, verduras, legumes, cereais integrais, grãos e proteínas vegetais são uma forma de manter a saúde e evitar doenças cardiovasculares, obesidade, alergias alimentares, diabetes entre outras. Os benefícios são inúmeros, proporciona vida mais longa porque não exige tanto trabalho para ser digerido; devido á quantidade de fibras faz o intestino funcionar melhor evitando a prisão de ventre, deixa a mente mais livre para raciocinar e dizem alguns estudiosos da área que torna as pessoas mais calmas e dóceis.Porém, não basta apenas parar de ingerir carne é necessário saber como substituí-la para manter a integridade da saúde com todos os elementos nutricionais necessários para uma dieta balanceada e adequada.

A carne é um tipo de proteína, que é uma substâncias composta de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. Seus blocos de construção são os aminoácidos, sendo 22 ao todo. É o material básico para a formação do nosso organismo, entram na formação dos músculos, da pele, da cartilagem, dos ossos, tendões, unhas, cabelo e sangue. Formam 16% da massa total do nosso corpo. Elas podem ser completas e incompletas. Exemplos das completas são: soja, queijo, ovos, castanha-do-pará, lêvedo de cerveja, gérmen de trigo, creme de leite, gergelim e sementes oleaginosas. As incompletas encontramos no feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, cereais frutas e verduras. As verduras têm menos proteínas, e os cereais também possuem proteínas em menor quantidade, mas de boa qualidade. A quantidade de proteína necessária por dia é de 0,75 a 1 grama por quilo de peso corporal.

A questão principal para ter uma alimentação rica está na variabilidade, ou seja, ingerir porções diárias de frutas frescas, verduras, legumes, folhas, carboidratos integrais e uma porção diária de proteína vegetal que podem ser os ovos, quinoá, castanha- do- Pará, castanha de caju, pistache, proteína de soja, tofú, amêndoas, carne vegetal a base de glúten, cogumelos comestíveis (shitake, agaricus e funghi), algas (chorella e spirulina) entre outras.

Para finalizar, uma frase do matemático Albert Einstein sobre o vegetarianismo:

“Creio firmemente que já por seus efeitos físicos, o sistema de vida vegetariano influirá de tal maneira sobre o temperamento do homem, que em muito melhorará o destino da humanidade”.

#vegetariano #alimentação #comidasaudável

43 visualizações
A Qi Hai Terapias e Vivências
Serviços
  • Terapias

  • Vivências

  • Tai Chi Chuan

  • Feng Shui

  • Viagem de Transformação

Comunicação
  • Blog

  • Facebook

  • Instagram

  • Google Plus

QUER RECEBER NOSSAS NOVIDADES?